Mulheres que tomam cerveja possui menos chances de infartar, diz pesquisa

Por: Caio Henrique
23 dezembro 2017 15h 37min

Um estudo realizado pelo centro de pesquisas da Universidade de Gothenburg, na Suécia, comprova que a cerveja, quando apreciada com moderação, protege as mulheres de risco de infartos.

De acordo com os coordenadores da pesquisa , as mulheres que bebem cerveja, ou uma ou duas vezes por semana, tem 30% a menos de chance de infartar em relação às que consomem quantidades elevadas das bebida ou às que não consomem nada.

A pesquisa ainda demonstra que quando o consumo de destilados é elevado por parte das mulheres, há um risco de quase 50% a mais de morte por câncer.

A pesquisa foi publicada pela revista científica “Journal of Primary Health Care”, e foi realizada durante 50 anos, sendo que em 32 deles, de 1968 a 2000, cerca de duas mil mulheres de meia idade preencheram um formulário sobre seu consumo de vinho, cerveja e destilados e os vários sintomas de doenças nas quais possuíam.

Nos resultados, foi revelado que 185 das mulheres que contribuíram para o estudo sofreram de infarto; 162 de derrame; 160 de diabetes; e 345 com câncer.