Seguir uma dieta de perda de peso coloca em risco o equilíbrio nutricional do seu corpo. Isso porque é raro que a ingestão total necessária de vitaminas e minerais todos os dias seja coberta pela dieta e muito menos quando as calorias são cortadas.

A nutrição é um problema quando as pessoas restringem suas dietas, de modo que é recomendável que quem consome apenas 1.200 calorias por dia complemente sua dieta com multivitaminas e minerais que fornecem 100% das necessidades diárias.

Como organizar vitaminas e minerais em sua dieta para emagrecer:

1- Examine sua dieta para encontrar minerais e vitaminas que podem estar faltando. O corpo precisa de mais de 40 nutrientes na forma de vitaminas e minerais, gorduras, proteínas e carboidratos. Certos alimentos fornecem certos minerais, então você deve saber o que está consumindo. Grãos integrais, na forma de pão, macarrão e cereais, são uma fonte importante de vitaminas e minerais, como ácido fólico, magnésio, zinco e ferro.

2- Frequentemente, quando estamos em uma dieta, os carboidratos ricos em amido são reduzidos, se não completamente cortados. Isso resulta em baixos níveis de vitaminas e minerais, sendo que cada um deles é responsável por certas funções biológicas. Por exemplo, a falta de zinco deprime o sistema imunológico. Níveis baixos de zinco também levam a unhas fracas, cabelos secos e perda de cabelo e pele ruim, o que pode levar à baixa auto-estima. Por sua vez, isso pode levar à ansiedade do açúcar e todo o trabalho duro realizado pode ser perdido em questão de minutos. Tente manter um equilíbrio em sua dieta.

3- Compreenda o papel que os minerais desempenham no auxílio à perda de peso. O cromo desempenha um papel essencial, pois aumenta a sensibilidade do corpo à insulina. Essa sensibilidade promove a perda de peso e, por sua vez, a parte complementar do cromo, o picolinato de cromo, ajuda a construir os músculos do corpo magro, que queima calorias. O que torna a eficácia do cromo cada vez mais credível é que os resultados que vemos em humanos são muito bem documentados em estudos com animais. A maioria das pessoas consome apenas 25% da RDA para cromo.

A coenzima Q10 é um composto essencial na quebra de gordura, o magnésio é usado para tratar cãibras que podem atormentar as pessoas que tentam perder peso e também parece controlar os desejos doces. A carnitina ajuda a transportar gorduras para a corrente sanguínea para queimar.

4- Consuma as vitaminas corretas para ajudar na sua perda de peso. A vitamina B2 (riboflavina) e B6 (piridoxina) são boas para manter o metabolismo e garantir a função tireoidiana normal, assim como a vitamina B3 (niacina). A vitamina B3 também ajuda com o fator de tolerância à glicose (GTF), que é liberado quando o açúcar no sangue aumenta. A vitamina B5 (ácido pantotênico) ajuda a utilizar a gordura e tem um papel importante na produção de energia. A vitamina C é uma boa vitamina completa e ajuda na conversão correta de glicose em energia.

OBS: Note que estas dicas são apenas sugestões. Sobre mudanças drásticas em sua alimentação e suplementação, deve consultar um nutricionista de sua confiança.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *