O uso de garrafas plásticas reutilizáveis ​​e não descartáveis ​​é um ótimo gesto para o meio ambiente, mas é preciso levar em consideração algumas medidas de higiene para que isso seja seguro para nossa saúde.

Existem muitas razões para evitar o uso de garrafas plásticas descartáveis. Quanto ao seu impacto no meio ambiente, é interessante sabermos que a cada segundo 20.000 garrafas plásticas são compradas em todo o mundo, um material que, em seu formato convencional, não se degrada e é difícil de reciclar.

E no que diz respeito à saúde, a reutilização de garrafas descartáveis ​​leva ao problema do acúmulo de bisfenol (desregulador endócrino) em nosso corpo, de acordo com especialistas. Deste modo, a tendência é utilizarmos garrafas de silicone, vidro e metal reutilizáveis ​​com estampas e cores bonitas.

É fato que isso está desempenhando um grande papel na redução do plástico diariamente, já que estas garrafas são feitas com materiais mais nobres que nos ajudam a preservar a saúde e o meio ambiente.

 

Bactérias e outros organismos prejudiciais que podem se acumular em nossas garrafas reutilizáveis:

Escherichi coli
Staphylococcus aureus
Pseudomonas
Fungos
Salmonella (se mantivermos líquidos como leite ou caldo)

Além disso, se pusermos mais líquido proteico como leite ou até mesmo caldos nessas garrafas reutilizáveis, como essas substâncias têm muito mais alimento para bactérias, o crescimento bacteriano pode ser muito maior e mais variado. E segundo especialistas, podemos até mesmo ter salmonela.

A recomendação para evitar essa contaminação é minimizar o tempo que as garrafas estão cheias, especialmente quando está quente. Se sobrar água no final do dia, a melhor coisa que podemos fazer é jogar e deixar a garrafa secar bem.

Obviamente, é essencial limpá-las bem pelo menos a cada dois ou três dias no inverno e diariamente no verão, e se você puder, opte por fazer isso na máquina de lavar louça, porque o calor garantirá a desinfecção dos recipientes.

Temos que ter muito cuidado se a tampa tiver vedações de borracha, e se vemos que algum fungo cresceu ou há sujeira. Nestes casos, é até recomendável deixá-lo de molho por um tempo e obviamente enxaguar bem depois. Mas os recipientes também podem ser lavados à mão com sabão, garantindo que não haja resíduos de detergente e enxaguando bem.

 

RECOMENDAÇÕES DE HIGIENE PARA GARRAFAS REUTILIZÁVEIS

 

 

* Minimize o tempo que elas estão cheias, especialmente em climas quentes.

* Se houver água no final do dia, jogue-a fora, limpe a garrafa e a deixe secar.

* No inverno, você deve lavá-las pelo menos a cada dois ou três dias. No verão, todos os dias.

* Prefira lavar as garrafas na máquina de lavar louça.

*Se notar um pouco de sujeira, é necessário lavá-las à mão com detergente e enxaguá-las bem.

 

Uma dica extra

 

Estamos falando de garrafas de água reutilizáveis, mas devemos lembrar que as bactérias se acumulam em muitos outros utensílios onde temos água parada. Por exemplo, em máquinas automáticas de café (na máquina de quem não bebe muito café durante a semana), uma chaleira para preparar infusões, onde a água é aquecida e resfriada continuamente.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *