Pular para o conteúdo

Indenização de R$ 15 MIL para os beneficiários do Auxílio Brasil

Um misto de lamento e comemoração chega ao mesmo tempo para os beneficiários do antigo Auxílio Brasil. Alguns destes receberão um valor de simplesmente R$ 15 MIL em suas contas! No entanto, essa quantia refere-se a uma ação indenizatória e essa é a parte preocupante da notícia.

Sendo assim, confira abaixo mais informações sobre essa indenização e a que ela se refere.

Indenização de R$ 15 MIL para os beneficiários do Auxílio Brasil
Informações sobre o antigo Auxílio Brasil Fonte: site Brasil 61

Tudo sobre a indenização do Auxílio Brasil

Prepare-se para notícia, pois ela pode ser um tanto chocante de início.

Se você era um beneficiário do Programa Auxílio Brasil deve lembrar-se que o pagamento era efetuado pela Caixa Econômica Federal. O grande problema é que ela está sendo responsabilizada judicialmente pelo vazamento de informações de milhões de beneficiários no ano de 2022. Sendo assim, ela terá que pagar uma indenização de R$ 15 mil para as pessoas prejudicadas.

Entre os dados vazados está o endereço, data de nascimento, contato, valor do benefício, número do NIS e número do CadSUS.

Por causa disso, todas os que entram na contabilidade de prejudicados poderão receber a indenização.

Para estar conferindo se você foi alvo dessa injustiça e poderá receber o valor é só conferir o site https://sigilo.org.br/. Após acessá-lo preencha todos os dados exigidos. Quando isso for feito você visualizará na tela uma mensagem notificando a sua elegibilidade ou não. No caso de estar positivo para o recebimento do dinheiro é necessário ainda aguardar o processo judicial ser finalizado, devido ao seu período de julgamento. Portanto, o portal serve apenas para notificar o beneficiário do ocorrido.

Além disso, pode acontecer também de novos advogados entrarem nessa ação afim de fornecer assistência em um período tão delicado.

Apesar de toda a movimentação em torno ainda não foi reconhecido o responsável pelo vazamento dos dados, pois não houve nenhum incidente nos sistemas.

O banco da Caixa Econômica Federal, por sua vez, declara oficialmente que irá recorrer a essa decisão.

Caso você já tenha conferido e a situação der positiva para o vazamento das suas informações, o aconselhado, de início, é consultar um advogado na área que pode estar te auxiliando no que é preciso fazer nesse momento. Mas, calma, pois se prejuízos não foram somados a essa altura, provavelmente não serão agora.

Veja também: Bolsa Família 2023: Saiba o que mudou

As mudanças em torno do programa

O Programa Bolsa Família foi instituído há muitos anos como um benefício financeiro afim de reduzir a vulnerabilidade econômica de muitas famílias. Este fez milhões de beneficiários ao redor do país tornando-se fonte de renda exclusiva de muitas pessoas.

Porém, no governo do ex presidente, Jair Messias Bolsonaro, o programa recebeu um novo nome e passou por algumas mudanças. Ele começou a ser chamado de Auxílio Brasil, com o mesmo caráter, objetivos e basicamente os mesmos critérios, porém, aos poucos, o benefício foi aumentando e beneficiando de forma mais eficaz os brasileiros.

De início ele chegou a R$ 400. Depois aumentou para R$ 600. Foi aí que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi reeleito, voltando a intitular o benefício como Bolsa Família e ainda acrescentando alguns extras como é o caso de R$ 150 para crianças na primeira infância, R$ 50 para pessoas de 7 a 18 anos incompletos, R$ 50 para gestantes e nutrizes e R$ 142 por membros para famílias com mais de 4 pessoas.

Além desse benefício, o mesmo grupo de pessoas também conta com o auxílio-gás, outro meio de transferência de renda no valor de R$ 106 a cada 2 meses visando fornecer segurança alimentícia para essa parcela populacional em vulnerabilidade socioeconômica.

Pois é, apesar da última notícia de lamento, o Bolsa Família fornece um bom subsídio para muitas pessoas.

Caso você ainda não possua o seu, mas tenha renda per capita de até R$ 218, você encaixa-se, então, nos critérios para o recebimento. Para solicitação é só ir no CRAS do seu bairro ou no central da sua cidade e submeter-se ao atendimento social com os técnicos de nível superior da instituição. Na ocasião forneça as informações de forma transparece para a realização do estudo e averiguação dos seus direitos.

É válido considerar que não deve ser omisso nem passar informações enganosas, visto a seriedade do benefício.

Veja também: Conheça o Cartão de Crédito Caixa TEM